Resgate

Kilinho

Foi resgatado subnutrido, com uma enorme bicheira nas costas. Havia sido espancado nas ruas e comia até plástico para sobreviver. Morria de medo de homens com boné e os atacava. Devido a desnutrição profunda, ficou pequeno, com as patas dianteiras tortas e deformadas. Era usado em briga de cães, e, infelizmente, só tinha sofrido.

Começamos uma luta para recuperar o Kilinho e socializá-lo. Foi adotado e devolvido seis vezes, pois queria sempre atacar outros animais. Graças a Deus o Kilinho aprendeu a ser mais tolerante. Foi finalmente adotado com sucesso!

Está com uma família que o ama muito, lhe dá muito carinho e dedicação. Hoje o Kilinho está muito feliz.
As fotos são do seu resgate e posteriormente, com sua família: